No European Cancer Conference em 2013, discuti com o ecancermedicalscience os resultados do nosso estudo que avalia a associação entre o gasto em saúde e a sobrevivência por câncer e câncer de mama nos países da União Europeia.

Nós constatamos que conforme o gasto em saúde aumenta, também aumenta o número de novos casos de câncer. A mortalidade entretanto diminui. A nossa hipótese é que os maiores gastos estariam relacionados a maior disponibilidade dos métodos de rastreamento, e assim a uma maior detecção de câncer. Isto, por sua vez, estaria relacionado a melhor sobrevida, visto a detecção de câncer precoce, em fases onde a doença é mais curável.

Outro fator que possivelmente explica a melhor sobrevida seria a maior disponibilidade de tratamentos oncológicos em países onde o gasto em saúde é mais elevado.

Deixe uma resposta