Em 2014 a Organização Mundial de Saúde divulgou a atualização do projeto GLOBOCAN, que acompanha a incidência de novos casos e morte por câncer em todo o mundo.

Neste ano, o número de mortes causadas por câncer corresponderam a 13% do total. Com o avanço do tratamento das doenças infecciosas e cardiovasculares, o câncer se tornou a principal causa de mortalidade no mundo. Veja a imagem abaixo.

cancer-global-killer-1

O câncer mais letal em homens e mulheres foi o de pulmão. Entre as mulheres, o câncer de mama tem muita importância, causando 15% das mortes por câncer. E em ambos homens e mulheres o câncer de intestino aparece como terceira causa de morte por câncer.

Existem medidas de saúde pública simples que podem reduzir dramaticamente o número de mortes e de novos casos de câncer. Em torno de 90% dos casos de câncer de pulmão são relacionados ao hábito de fumar. Deve ser uma prioridade dos governos e  dos profissionais de saúde o combate ao tabagismo. Isto pode ser feito tanto com programas educativos como com aumento da carga de impostos sobre o tabaco.

No caso dos cânceres de mama e intestino existem métodos eficazes de rastreamento que podem detectar a doença em fase precoce, na qual há maior chance de cura.

Com o envelhecimento da população mundial, é esperado que esses números aumentem. Felizmente, já existem medidas capazes de controlar o número de novos casos e de mortes por câncer. Ao mesmo tempo, novos tratamento vão aparecendo a cada dia.

O desafio maior será implementar essas medidas no dia a dia das pessoas.

Deixe uma resposta