O melanoma da pele é o tipo mais agressivo de câncer de pele. Ele é um tipo de câncer que se origina dos melanócitos, as células responsáveis por produzir o pigmento escuro da pele, a melanina.

O principal fator de risco para o desenvolvimento de melanoma é a exposição aos raios ultravioletas, tanto solares como de bronzeamento artificial.

O melanoma normalmente se origina de novas pintas na pele ou antigas que passam por modificações. As características das pintas que sugerem o desenvolvimento de melanoma estão resumidas na imagem abaixo, conhecido como ABCD do melanoma.

n9906hhf1

A – Assimetria da pinta, uma parte se torna diferente da outra.

B – Bordas irregulares.

C – Cores diferentes dentro da mesma pinta.

D – Diâmetro maior que 6 mm, ou apenas aumento do diâmetro de uma pinta.

Para se prevenir o desenvolvimento do melanoma é recomendado evitar a exposição solar nos horários de maior intensidade (entre 10h e 15h) e o uso de roupas e protetor solar adequado para o tipo da pele.

Na eventualidade de uma dessas características aparecerem ou do aparecimento de novas pintas, o dermatologista deve ser consultado. Este é o especialista com o olho treinado para diagnosticar precocemente o melanoma.

Em estágios iniciais a retirada cirúrgica é suficiente para curar esta doença.

Deixe uma resposta