Câncer de pulmão é o tipo de câncer que mais causas mortes no mundo, tanto entre homens quanto em mulheres. O principal causador de câncer de pulmão é o cigarro, estima-se que 90% dos casos de câncer de pulmão são causados pelo tabaco. Pessoas não fumantes que convivem com fumantes também têm risco aumentado de desenvolvimento de câncer de pulmão, em torno de 30% maior que pessoas que não convivem com fumantes.

Recentemente um estudo desenvolvido nos Estados Unidos (The National Lung Screening Trial) avaliou o uso de tomografia helicoidal de baixa dose para a detecção precoce de câncer de pulmão em pessoas com alta carga tabágica. A carga tabágica é uma quantificação de quanto a pessoa fumou na vida mensurado em maços-ano. Por exemplo, uma pessoa que fumou 1 maço de cigarros por dia por 15 anos tem carga tabágica de 15 maços-ano, se ela fumou por 20 anos a carga tabágica é de 20 maços-ano.

image-2210

Máquina de tomografia computadorizada

O estudo avaliou o uso de tomografia helicoidal de baixa dose ou radiografia de tórax em pessoas que tenham fumado pelo menos 30 maços-ano, os “grande tabagistas”. Nesta população a tomografia foi capaz de detectar diversas alterações e novos nódulos no pulmão enquanto a radiografia não detectou tantos. Quando estas alterações eram suspeitas de câncer os nódulos eram avaliados por biópsia por agulha (quando se tira um fragmento do tumor apenas) e, se o câncer fosse identificado, o paciente era operado e o nódulo totalmente retirado.

ct-scan

Imagem do pulmão produzida pela tomografia identificando um pequeno nódulo que era um câncer de pulmão em estágio inicial

Comparando os dois métodos houve uma redução de 20% de mortalidade por câncer de pulmão no grupo que fez o rastreamento com tomografia. Este resultado é altamente significativo, visto que havia grande possibilidade de que essas pessoas viessem a desenvolver câncer de pulmão disseminado no futuro e consequentemente vir a falecer desta doença.

Os Estados Unidos estão começando a aprovar e utilizar esse exame no dia a dia para o rastreamento precoce do câncer de pulmão em pacientes com alta carga tabágica. Este é mais um avanço no tratamento e controle do câncer de pulmão.

Deixe uma resposta